ERIGESSO A ARTE EM DECORAR

Cat-2

Forros de Drywall

DECORAÇÃO EM GESSO

» » Sobre a Divindade do Senhor Jesus Cristo: 12 provas bíblicas de que Jesus Cristo é Deus



À medida que a humanidade se aproxima do final dos tempos, Satanás e suas forças estão envidando todos os esforços no sentido de enganar as pessoas, condicionando-as a adorar um indivíduo conhecido como “a besta”, ou Anticristo. (Apocalipse 13:1-18). 

Satanás sempre acalentou o desejo de ser adorado como Deus (Isaías 14:12; Lucas 4:7) e ele será adorado como um deus no período da vindoura Tribulação (2 Tessalonicenses 2:3-4). Mas, para consegui-lo, primeiro ele precisa destronar o verdadeiro Deus nos corações e mentes das pessoas. Por isso, ele ataca tão veementemente a divindade do Senhor Jesus Cristo.

O ataque ao Senhor Jesus Cristo tem sido executado de muitas maneiras, por grupos
diferentes, várias seitas e grupos da Nova Era. Até os modernos tradutores da Bíblia têm os seus próprios métodos de roubar do Senhor Jesus Cristo a Sua divindade. Muitos jovens, hoje em dia, entram em faculdades e seminários ditos “evangélicos”, acreditando na divindade de Jesus Cristo.

Ali permanecem durante 4 anos e, quando saem, têm menos fé no Salvador do que quando ali entraram. [N.T. – Isso aconteceu com o marido da tradutora – Hans Schultze – na famosa Universidade de Tübingen (a mesma onde o papa Ratzinger estudou Teologia). 

Ali, ele perdeu a fé na divindade de Cristo; por isso, desistiu da Teologia para estudar Química Industrial].

E você, leitor amigo? Acredita que Jesus Cristo é Deus? Crê nos ensinos da Palavra de Deus ou prefere acreditar nos ensinos dos mestres liberais incrédulos? Quero desafiá-lo a apanhar a sua Bíblia e nela buscar todas as referências que tratam da divindade de Jesus Cristo. 

Vamos oferecer doze provas bíblicas de que Jesus Cristo é Deus. Mas, não confie em nossas palavras, pois somos humanos e falíveis. Confie apenas no que o Espírito Santo inspirou aos homens santos que escreveram a Bíblia.

1) - Jesus Cristo é Deus Encarnado -
 

Em Mateus 1:23, conforme Isaías 7:14, lemos: “Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco”.

Na 1 Timóteo 3:16, lemos: “Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória”.

Em Zacarias 12:10, lemos: “Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito”.

Em Apocalipse 1:7, o próprio Jesus cumpriu estas profecias. 
Desse modo, a Bíblia apresenta Jesus Cristo como sendo muito mais do que um grande profeta e mestre religioso. Ela o apresenta como Deus encarnado.

Em João 10:28-30, lemos: “28 E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. 29 Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai. 30 Eu e o Pai somos um.”

Miquéias 5:2 declara sobre Jesus Cristo:
 “E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade”.

Em João 8:58, Jesus disse aos fariseus:
 “Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou”. Isto é exatamente o que lemos no Salmo 93:2 e em Isaías 63:16 sobre Deus.

O termo “Eu Sou” é o Nome que Deus usa em Êxodo 3:14, a Ele se referindo. Desse modo, Jesus está declarando ser o Deus da Bíblia.



2) - Jesus Cristo Tem Nomes Divinos - 

Vamos conferir estas referências. 

Em Mateus 22:42,45, Jesus afirma ser o “Senhor” do Salmo 110:1. 
Ele permitiu que Tomé O chamasse “Senhor meu e Deus meu!”, conforme lemos em João 20:28. 

Jesus Cristo é o “Pai da Eternidade” e o “Deus Forte”, de Isaías 9:6: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”.

Conforme Suas próprias palavras em João 10:11-14, Ele é o “bom pastor” dos Salmos 23:1, 80:1 e de Ezequiel 34:12.

Ele é o Deus Salvador de Isaías 43:3,11, 45:15,21; Oséias 13:4; Lucas 1:47 e 1 Timóteo 4:10. Estes mesmos títulos Lhe são conferidos em Lucas 2:11; Filipenses 3:20; 2 Timóteo 1:10 e 2 Pedro 2:20.

Deus é a Rocha de Deuteronômio 32:4, 15,18,30-31; 1 Samuel 2:2, Salmo 18:31. Contudo ao Senhor Jesus é dado o mesmo título na 1 Coríntios 10:1-4; 1 Pedro 2:7-8; Romanos 9:33.

Deus é “luz” no Salmo 27:1 e em Miquéias 7:8. Jesus é “luz”, em João 1:4-9 e 8:12.

Em Isaías 44:6, Deus declara: “Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus”. No Apocalipse 1:17, Jesus diz: “... Eu sou o primeiro e o último”.

As Escrituras são claras: Jesus Cristo é o mesmo Deus do Velho Testamento.

3) - Jesus Cristo Afirmava Sua Igualdade Com Deus - 

Em Mateus 28:19, Ele diz: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”. Se Ele não é Deus, então, por que se incluiu na Trindade?

Em João 14:9, Ele diz: “Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?” Em João 10:30, Ele diz: “Eu e o Pai somos um”. O Jesus Cristo do Novo Testamento afirma ser um com o Pai e, portanto, ser “igual” a Deus.

Em Filipenses 2:6, lemos:
 “Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus”. Ele tomou a forma de homem, porém continuou sendo o mesmo Deus.


4) - Jesus Cristo é Onipresente -
 

Somente Deus tem a capacidade de estar em toda parte, ao mesmo tempo. E Jesus Cristo afirma ter esta capacidade. 

Em Mateus 18:20, Ele diz: “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles”. Como poderia Ele fazê-lo, se não fosse Deus? 

O mesmo se aplica a Mateus 28:20, onde Ele diz: “... e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.” 
Como poderia Ele estar, pessoalmente, com cada cristão, se não fosse Deus?

Jesus Cristo é Deus porque somente Deus tem estes atributos.


5) - Jesus Cristo é Onipotente - 

Ele é o Deus Todo-Poderoso. Em Apocalipse 19:6, lemos: “E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina”. 

Na 1 Timóteo 6:15, lemos: “A qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso SENHOR, Rei dos reis e Senhor dos senhores”. E como Ele é o “único poderoso Senhor”, obviamente é o mesmo Deus do Apocalipse 19:6. 

Vamos ler também Colossenses 2:9-10; Apocalipse 2:26 e Mateus 28:18.


6) - Jesus Cristo é Onisciente - 

Ser onisciente é possuir todo o conhecimento, o que não acontece a nenhum homem exceto Ele. A Bíblia declara que Jesus Cristo é onisciente. Ao contrário dos homens comuns, Ele tinha o conhecimento de específicos detalhes sobre a Sua morte. 

Em Mateus 16:21, Ele diz que ia a Jerusalém, a fim de “padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia”. 

Ele repetiu esta profecia em Mateus 20:19: “E o entregarão aos gentios para que dele escarneçam, e o açoitem e crucifiquem, e ao terceiro dia ressuscitará”.

Mateus 17:27 oferece a narrativa de Jesus conhecendo a existência de uma certa moeda na boca de um peixe, que ainda não fora pescado. Ele conhecia detalhes íntimos da vida da mulher samaritana, a qual Ele jamais havia encontrado (João 4:16-19). Também sabia tudo sobre Natanael, antes deste se apresentar a Ele, conforme lemos em João 1:47-49. Jesus Cristo é Deus porque Ele é Onisciente.


7) - Jesus Cristo tem poderes criadores - 

João 1:1-3: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.”

Colossenses 1:16: 
“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele”.

Hebreus 1:1-3:
 “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo...”.

Como vemos, Jesus é o Criador é o sustentador do universo.


8) - Jesus Cristo tem poder sobre os elementos da natureza - 

Em Mateus 14:25 vemos Jesus andando literalmente sobre as águas do mar. 

Em Lucas 8:24, Ele repreende os ventos e a tempestade e estes Lhe obedecem. Como poderia Ele executar estas tarefas divinas, se não fosse Deus? Ele não orou pedindo ao Pai que o fizesse; Ele mesmo o fez.


9) - Jesus Cristo recebia adoração - 

Se estivéssemos errados ao informar que Jesus Cristo é Deus, então o erro seria dEle, quando permitiu que as pessoas O adorassem. Em Mateus 4:10, Ele disse: “...porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás”. Se Ele não fosse Deus, por que iria Ele dizer isto, no início do Seu ministério, para em seguida permitir que as pessoas O adorassem?

Em Atos 10:25,26 e Apocalipse 19:10, vemos que é proibido adorar qualquer pessoa que não seja Deus. Mesmo assim, Jesus Cristo, de boa vontade, recebia adoração das pessoas, durante o Seu ministério público. (João 9:38; 20:28; Mateus 8:2; 9:18; 15:25; 28:9). 

Se Ele não fosse Deus, então, por que não repreendia aqueles que O adoravam?


10) - Jesus Cristo perdoava pecados -
 

Em Jeremias 31:34, lemos: “E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados”.

Conforme estas palavras, somente Deus tem o poder de perdoar pecados. Mas, no Novo Testamento, lemos que Jesus tinha este poder.



Marcos 2:5-11: “E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os teus pecados. E estavam ali assentados alguns dos escribas, que arrazoavam em seus corações, dizendo: Por que diz este assim blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão Deus? E Jesus, conhecendo logo em seu espírito que assim arrazoavam entre si, lhes disse: Por que arrazoais sobre estas coisas em vossos corações? Qual é mais fácil? dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados; ou dizer-lhe: Levanta-te, e toma o teu leito, e anda? Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa”.


Mais uma prova de que Jesus Cristo é Deus, porque somente Deus pode perdoar pecados.

11) - Jesus Cristo tem poder sobre a Sua própria vida e morte - 

Quantas pessoas conhecemos que tenham o poder de dispor da própria vida, para em seguida retomá-la? Jesus tinha este poder. Em João 10:17-18, lemos: “Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai”.

Jesus tinha poder sobre a Sua própria vida e morte. Quando estava na cruz, Ele entregou o Seu espírito ao Pai: “E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto, expirou”.

Conforme Suas palavras em Apocalipse 1:18, Jesus Cristo afirma ter “as chaves do inferno e da morte”.

Como poderia Ele ter este poder se não fosse Deus? Não nos enganemos sobre a divindade de Jesus Cristo! Ele veio a este mundo, sofreu como homem durante 33 anos, viveu uma existência totalmente sem pecados e depois entregou Sua vida ao Pai, como resgate eterno pelos nossos pecados.


12) - Jesus Cristo é o Salvador - 

Maomé não era Deus, por isso não pôde pagar pelos nossos pecados. Buda não pôde fazer o mesmo porque não era Deus. Allan Kardec é um ser humano que ensina o erro da Salvação por obras e as irreais reencarnações.

Somente Jesus Cristo pode salvar nossas almas do eterno fogo do inferno, porque JESUS CRISTO É DEUS!

Atos 4:12: “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.”

João 14:6: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

Amigo, você já conhece Jesus Cristo como o seu Salvador pessoal? 
Você já nasceu de novo? 

Se ainda não o fez, leia a Bíblia e conheça o simples plano da salvação. Nada é mais importante na vida do que o seu destino eterno e ninguém pode ajudá-lo a não ser Jesus Cristo. Entregue-se a Ele e fique tranquilo quanto ao seu futuro na eternidade!


James Melton - The Deity of Jesus Christ (1998).
Traduzido e adaptado por Mary Schultze, em 10/09/2012.



Phonte: Publicações Cristãs
 Postado Por : Redação ERIGESSO 
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Sobre o autor ERI VIEIRA

AVISO! Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários. Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

Postar um comentário
Faça um blogueiro feliz, comente!!
Porém...
Todo comentário que possuir qualquer tipo de ofensa, ataque pessoal e palavrão, será excluído sem aviso prévio!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

QUARTO DE BEBÊ

VÍDEOS

ERIGESSO A ARTE EM DECORAR

GALERIA DE FOTOS

Mensagem de Hoje